APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Victor Gentilli

Victor Gentilli

Jornalista pesquisador e professor de graduação da Ufes. É fundador e membro do Observatório da Imprensa, SBPJor e da Renoi. É colunista de diversas publicações da imprensa e área acadêmica sobre jornalismo brasileiro, e autor do livro 'Democracia de Massas: jornalismo e cidadania' pela Edipucrs.

Victor Israel Gentilli é bacharel em Jornalismo pela Facasper de São Paulo (SP) desde 1978, com mestrado (1995) e doutorado (2003) em Ciências da Comunicação pela ECA-USP da capital paulista.

Começou no jornalismo na redação do Shopping News, veículo do DCI, em São Paulo (SP), na função de redator da coluna sobre propaganda que produzia com o jornalista Rudi Margherito; ficou por lá até 1976.

Depois ingressou no (extinto) Diário Popular e passou a cobrir a área de comunicação simultaneamente para o jornal e às revistas Propaganda e Marketing da Editora Referência, na época o mesmo grupo, onde passou a assinar Victor Gentilli. No Diário, lembra o jornalista: “cheguei a descer às oficinas e ‘fechar na rama’. Era outro mundo. Ali tive o prazer de conviver com Amadeu Gonçalves Dias, grande veterano”.

Em 1977 recebeu o convite de Fernando Reis (irmão de José Reis) que dirigia o grupo paulistano Meio&Mensagem (M&M) e ingressou na recém criada equipe da redação dedicada ao segmento de propaganda e marketing. No M&M trabalhou por dois anos como repórter, redator e editor geral; na época nascia o Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária (CBARP) e o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

De 1978 a 1981 acumulou os postos de repórter e redator das áreas de política e geral no jornalismo da sucursal de O Globo, em São Paulo. Com poucos meses de casa, recorda, participou da greve “e fui um dos sobreviventes. Foi uma experiência bem legal”.

Na época (1980 a 1981) assumiu as atividades de assessoria de comunicação do Instituto do Departamento de São Paulo dos Arquitetos do Brasil (IAB/SP).

Em 1982 migrou para Vitória (ES) e virou professor universitário do curso de graduação em jornalismo da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), onde permanece. Na instituição acumulou, posteriormente, passagens por várias outras funções acadêmicas e de produção jornalística. Na época da mudança, mesmo ministrando aulas, não deixou a prática do jornalismo e logo passou a trabalhar em A Gazeta, da capital capixaba, como redator da área de economia e negócios; deixou a redação cerca de um ano depois somente ‘por exaustão’.

Em 1986 voltou à redação envolvido na criação do novo diário de Vitória (ES), A Tribuna, onde assumiu por dois anos o posto de editor de política, além de participar dos trabalhos de fundação de um jornal.

No ano seguinte retornou a São Paulo para uma temporada de estudos na ECA-USP (mestrado seguido de doutorado) e, a partir de então, passou a ser também pesquisador da História recente do jornalismo brasileiro e sua realidade contemporânea e, posteriormente, de outros temas deste campo.

Entre 1995 e 1996 atuou como monitor da mídia e realizou um estudo da cobertura da Assembleia Legislativa e dos deputados capixabas na mídia impressa, pela Ufes. Posteriormente, ainda na Ufes, foi assessor de comunicação da instituição (1992 a 1995); coordenador do colegiado de curso do Departamento de Comunicação Social (de 2001 a 2002) e secretário de comunicação e divulgação (2003 a 2004).

Nesse período integrou a equipe do Observatório da Imprensa, ainda no momento de sua criação, e diz que foi “uma honra trabalhar ao lado de Alberto Dines”. No Observatório foi colaborador regular e editor do Diretório Acadêmico até 2005, mas mantém atividades.

Durante o ano de 1999 ministrou as aulas de Teoria do Jornalismo para os alunos do curso de especialização em Jornalismo na Unicamp, no interior paulista, que acumulou com a cargo de professor-adjunto do curso de especialização em Jornalismo e Convergência de Mídias na Universidade Feevale em Novo Hamburgo (RS).

Em quase quatro décadas de carreira jornalística, Victor Gentilli também desempenhou as seguintes atividades: membro do Conselho Editorial da revista Presença (1983 a 1990); fundador do Observatório da Imprensa e editor da área acadêmica (1997 a 2005) e continua colaborador; primeiro proponente (ainda em 1998) e fundador da Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi), em 2005, e seu vice-coordenador (2010 a 2012); coordenador do GT de Jornalismo da Intercom (1999 a 2001); fundador da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor, em 2003) e foi seu primeiro diretor-administrativo e permanece como membro do conselho editorial; um dos fundadores do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ); pesquisador-associado do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor-Unicamp); fundou e é membro do Núcleo de Estudos em Comunicação Nexo da UFES e foi seu coordenador em 2006/2007; pesquisador do Observatório de Mídia da Ufes desde 2011; membro do Conselho Científico da coleção Jornalismo (Editora Insular) do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC; membro do conselho editorial das revistas Pauta; membro do conselho editorial da Revista Estudos em Jornalismo e Mídia s revistas Estudos de Jornalismo e Mídia (UFSC); membro do Conselho Editorial da revista Comunicação Midiática (Unesp) e membro da equipe do projeto Midia&Política (UnB).

É autor do livro Democracia de Massas: jornalismo e cidadania, publicado pela Edipucrs em 2005, além de inúmeras publicações técnicas no campo de jornalismo.

Atualmente (2013) trabalha com crítica de mídia, em especial a cobertura de políticas públicas, sempre publicando textos especiais em veículos de imprensa e publicações acadêmicas. Desenvolveu na última década estudos teóricos sobre as relações entre jornalismo, direito a informação pública e cidadania. E também acompanha a implantação da Lei de Acesso a Informações públicas e de outras ações de órgãos públicos (ou a omissão) na perspectiva da ampliação deste direito.

A área de biografias é outro tema de interesse do Prof. Dr. Victor Gentilli.

 

 

Atualizado em setembro/2013 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

https://www.facebook.com/victor.gentilli?ref=ts&fref=ts

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=B573584

http://br.linkedin.com/pub/victor-gentilli/29/195/713

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos/jd051297f.htm

http://portalrevistas.ucb.br/index.php/esf/about/editorialTeamBio/4626

http://www.seculodiario.com/exibir.php?id=9140

Com dados fornecidos pela jornalista em 24/9/2013.

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)