APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Wania Corredo

Wania Corredo

Repórter fotográfica com os principais prêmios em fotografia no jornalismo brasileiro. Trabalha para o jornal Extra no Rio de Janeiro

Wania Corredo nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e iniciou a carreira em 1992, primeiramente como freelancer de veículos nacionais e internacionais na capital fluminense. Passou pelo jornal O Dia, por três anos, e está no jornal Extra desde 1999, onde realiza fotografias das editorias de Cidades e Polícia. 


Em 2002, ganhou os prêmios Esso de Jornalismo, o Imprensa Embratel e o Líbero Badaró, em todos com a foto Execução numa rua em Benfica, que foi um flagrante do assassinato de um empresário em plena luz do dia, na Zona Norte do Rio de Janeiro. 

Em 2004, ganhou o Prêmio Caixa Econômica de Jornalismo Social e uma Menção Honrosa no Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos por duas imagens diferentes de pessoas desesperadas, catando comida nos escombros do incêndio na Ceasa/RJ. Uma dessas fotos recebem o título de Os Invasores, e recebeu o Prêmio Internacional Rei de Espanha. 

Foi Prêmio SENAI de Reportagem que recebeu em 29 de março 2006. A foto vencedora da categoria traz as imagens da matéria especial Rio Será o Estado do Aço, publicada no diário fluminense Extra. Venceu ainda o XXI Prêmio de Fotografia de Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, com Guerra na Rocinha, e em 2007, ganhou o Prêmio Senai de Jornalismo Social por O Rio será a cidade do aço. 

Participou de algumas exposições, como Mulheres de Vinicius, no Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro; Viagens, na Galeria Cavé de Paris; Sobrevivendo no Rio de Janeiro, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo; Fotógrafos Brasileiros — Rio de Janeiro: Um álbum da cidade feito por fotojornalistas, no Centro Cultural Banco do Brasil; 50 anos de Fotojornalismo do Prêmio Esso, no Centro Cultural da Justiça Federal, entre outros. 

A cobertura mais importante da carreira de Wania foi a do incêndio no Ceasa, em 2003, quando registrou uma multidão tentando saquear os alimentos que sobraram do rescaldo da tragédia. 

Em dezembro de 2012 ficou em 28º lugar na edição 2012 do Ranking Jornalistas&Cia dos mais Premiados Jornalistas Brasileiros de Todos os Tempos. 


Atualizado em dezembro/2012 – Portal dos Jornalistas 

Fontes: 

Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)