APOIO

PUBLICIDADE

Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Home >> Perfil

Zileide Silva

Zileide Silva

Repórter especial do Jornal Nacional na área de política, suas reportagens estão também nos demais noticiários da TV Globo. Após atuações em rádio e nas TVs Cultura, SBT e Record, chegou à Globo, onde foi correspondente em Nova York e apresentadora de telejornais como Bom Dia Brasil e Jornal Hoje. Faz parte da Galeria Mestres do Jornalismo do Prêmio Comunique-se. Foi eleita em 2015 entre os ‘+ admirados jornalistas brasileiros – Top 50’ e é a 2ª colocada da Regional Centro-oeste.

Zileide Silva nasceu em 26 de outubro de 1958, em São Paulo (SP). Cursou Jornalismo na Faculdade de Comunicação Social Cásper Libero, em São Paulo (SP). Para melhorar sua formação, começou a estudar História na Universidade de São Paulo (USP/SP), mas não terminou o curso.
 
Começou na rádio Jornal (SP), em 1978, como redatora. Na rádio Bandeirantes FM, sugeriram que se torna-se locutora, encantados com a voz de contralto. Depois, foi convidada para ser repórter na rádio Cultura, dividindo a apresentação do programa Matéria Prima com Serginho Groisman. Em seguida, foi para a TV Cultura, como repórter da editoria Geral e, depois, de Economia. Fez vários cursos na Bolsa de Valores e na Fundação Getúlio Vargas para melhor dominar o economês e transformá-lo em linguagem compreensível para todos.
 
Em 1990, foi chamada para cobrir Economia no TJ Brasil, no SBT, em São Paulo, começando por cobrir o lançamento do Plano Collor. Firmou-se como repórter de Economia e Política, viajando constantemente para Brasília (DF). Em 1996, foi transferida para a capital federal. No ano seguinte, quando Bóris Casoy, âncora do jornal, foi para a TV Record, transferiu-se para a Rede Globo, atuando principalmente na editoria de Economia do Jornal Nacional.
 
Acompanhou de perto, em 1998, a reeleição de Fernando Henrique Cardoso para a Presidência do País, já prevendo a maxidesvalorização do Real. Participou com destaque de sua primeira grande cobertura internacional no Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça). Em 2001, como correspondente da emissora em Nova York, cobriu os atentados terroristas de 11 de Setembro, entrando ao vivo no Jornal Nacional.
 
De volta ao Brasil, em 2012, participou da cobertura da eleição de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência. Como primeira repórter negra a integrar uma comitiva presidencial brasileira, acompanhou o presidente eleito em sua primeira viagem oficial à África. Cobriu o dia a dia dos dois governos Lula, reeleito em 2006. Sem interrupção, participou também da cobertura da eleição de Dilma Roussef, passando a integrar o seleto time de repórteres que cobriram todos os presidentes eleitos pelo voto direto desde a queda do regime militar.
 
A convite da diretora Alice Maria, cobriu folgas de Carlos Monforte na apresentação do bloco de Brasília do Jornal das Dez, da Globo News. A partir daí, passou a atuar como apresentadora. Substituiu Cláudia Bomtempo no Bom Dia Brasil e está no rodízio de apresentadores de sábado do Jornal Hoje.
 
Em 2004, recebeu o primeiro prêmio Comunique-se, na categoria Jornalista de Política. Em 2005, foi premiada na categoria Repórter e, em 2006, na categoria Jornalista de Política. Todos em Mídia Eletrônica e pelo trabalho desenvolvido na TV Globo. Em 2008, ao receber o prêmio pela quarta vez, foi alçada à Galeria Mestres do Jornalismo.
 
Em junho 2013, Zileide, depois de cinco anos no horário matinal como âncora do Bom Dia Brasil, voltou a fazer reportagens para o Jornal Nacional, como repórter especial.
 
Sobre a mudança Zileide agradeceu pela oportunidade que teve e falou sobre a mudança: “Foram quase cinco anos de Bom Dia Brasil. Uma mega oportunidade ancorar o bloco de Brasília, depois da experiência em ser correspondente em Nova York. Tudo isso com uma equipe maravilhosa. No início deste ano bateu um cansaço, conversei com a direção e juntos acordamos minha saída para um retorno ao Jornal Nacional". Giuliana Morrone assumiu a bancada e, ela voltou para a reportagem.
 
Após passagens pelo Bom dia Brasil e pelo Jornal Hoje, desde junho de 2013 ela faz reportagens para todos os noticiários da rede.

Foi eleita em 2015 entre os ‘+ admirados jornalistas brasileiros – Top 50’ e é a 2ª colocada da Regional Centro-oeste. 

 

Atualizado em novembro/2015 – Portal dos Jornalistas

Fontes:

Jornalistas&Cia - Edição 1028

http://www.redeto.com.br/noticia-1141-giuliana-morrone-substitui-zileide-silva-no-quot-bom-dia-brasil-quot.html

 

Fiat_Institucional
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)