APOIO

PUBLICIDADE

Veiculação Prêmio CNHI WEBER SHANDWICK Odebrecht
$('#fade').cycle();
6160

Vídeo

+Premiados Jornalistas - Natalia Viana (Agência Pública)

Notícias >>  Comunicação, Propaganda e Marketing

11.01.17 - Facebook lança projeto específico para jornalismo


Como parte do seu esforço em assegurar que um ecossistema saudável de notícias e o jornalismo possam se desenvolver entre seus usuários, o Facebook divulgou nesta quarta-feira (11/1) o documento Projeto Facebook para Jornalismo, em que dá detalhes de um novo programa para estabelecer laços mais fortes com a indústria jornalística.

Nele, a rede social enfatiza que vai colaborar com empresas de notícias para desenvolver produtos, aprender com jornalistas quais são as melhores formas para criar parcerias e conversar com publishers e educadores para entender como pode ajudar as pessoas a se tornarem leitores melhor informados na era digital, aumentando seu discernimento e combatendo boatos e notícias falsas.

Segundo o documento, o projeto atuará em três frentes: colaboração no desenvolvimento de novos produtos; treinamento e ferramentas para jornalistas; e treinamento e ferramentas para todos

No que se refere à primeira, diz o documento: “Nós podemos atender melhor às necessidades das pessoas no Facebook e as de nossos parceiros quando trabalhamos juntos para desenvolver produtos. Já temos trabalhado com nossos parceiros de mídia, mas como parte do Projeto Facebook para Jornalismo vamos aprofundar a colaboração com eles, conectando nossos times de produto e engenharia para que possamos construir juntos desde os estágios iniciais o processo de desenvolvimento de produtos”.

Entre esses lista novos formatos para contar histórias; fomentar notícias locais e promover a mídia independente; desenvolver modelos de negócios (cita como exemplo o lançamento de um teste para explorar a oferta de um período de degustação para leitores assíduos, a partir de Instant Articles); promover hackathons; e fazer um esforço ainda mais concentrado de rodadas de reuniões, inicialmente com publishers nos Estados Unidos e na Europa nos próximos meses e expandindo a lista de locais para o resto do mundo ao longo do ano.

A rede ampliará seus treinamentos a jornalistas para nove idiomas adicionais, entre eles Português e Espanhol, e oferecerá treinamento em escala para organizações de mídia locais por meio de colaborações com entidades internacionais de renome.

Também tornará gratuita para parceiros a ferramenta Crowdtangle, que ajuda editoras a rastrear como seu conteúdo se espalha na web, mede o desempenho de matérias nas redes sociais e identifica influenciadores; está desenvolvendo mais ferramentas para ajudar os jornalistas a usar o Live para reportagens e para encontrar fatos novos da forma mais fácil possível; e vai fornecer orientação prática e ética sobre como encontrar, verificar e publicar conteúdo disponível em redes sociais.

O documento encerra informando que o FB vai “trabalhar com organizações sobre como melhor compreender e promover o discernimento de notícias críveis na nossa plataforma e fora dela. O objetivo é ajudar as pessoas na nossa comunidade a terem a informação que elas precisam para decidir em quais fontes podem confiar”.

E cita as recentes medidas para reduzir ainda mais a disseminação de boatos, incluindo formas mais fáceis para as pessoas denunciarem conteúdos noticiosos duvidosos e novos esforços para eliminar incentivos financeiros a spammers: “Esse problema é muito maior do que qualquer plataforma, e é importante para todos nós trabalharmos juntos para minimizar o alcance desse tipo de conteúdo”.

Confira a íntegra do documento.

Por: Redação Jornalistas&Cia




Fiat_Institucional
Arama
Curso para Jornalistas
Newswire
OPN Eventos
MT Viagens
Mais Premiados
Comunique-se
Doe Agora (Abrinq)